Uma dupla de músicos-atores conta com muita irreverência e bom humor a clássica história da donzela de longos cabelos que vive aprisionada em sua torre. O espetáculo utiliza atores, bonecos e música ao vivo, privilegiando a improvisação e a participação ativa da plateia. O texto segue, em linhas gerais, a conhecida versão dos Irmãos Grimm, do século XIX, mas aprofunda as características psicológicas dos personagens, que são complexos e, muitas vezes, contraditórios.